25I-NBOMe é um composto derivado do 2C-I. Ele foi descoberto em 2003 pelo químico Ralf Heim2. Seu histórico de uso humano começou em 2010, quando tornou-se disponível na internet3. Ele se enquadra na categoria das designer drugs, cuja estrutura molecular é derivada de outra substância, geralmente ilegal5.

Por ter surgido recentemente, o 25I-NBOMe não é proibido em vários países e ainda não recebeu testes clínicos específicos, sendo seu consumo arriscado6.

25I-NBOMe é bastante confundido com o LSD7 por compartilharem certos efeitos e serem ativos em doses mínimas. O 25I-NBOme, porém, pode levar a hospitalizações e até à morte8. Por sua produção ser mais barata que a do LSD, às vezes ele é vendido como tal.

Seus efeitos costumam ser comparados com os do LSD, 2C-I e DOI. Existem alguns relatos sobre os efeitos serem bem imprevisíveis, mesmo quando o mesmo indivíduo tomar a mesma dose em situações similares.

Muitos relatos dizem que 25I-NBOMe não suprime o apetite, não causa boca seca ou torna a comida estranha demais para ser ingerida. Supressão do apetite é comum em psicodélicos, mas o 25I-NBOMe parece ser distinto nesse aspecto4.

Positivos

  • sensação de bem estar e aumento na percepção sensorial
  • pensamentos criativos, filosóficos, abstratos ou profundos
  • alterações visuais persistentes com olhos abertos e fechados
  • sensação de amor ao próximo, empatia
  • pensamentos e sensações eróticas
  • experiências espirituais transformadoras e eufóricas

Neutros

  • alteração geral na consciência
  • dilatação na pupila
  • dificuldade para se focar
  • rubor facial, calafrios, arrepios e percepção de energia corporal
  • pensamentos fugazes, alteração na percepção do tempo
  • leve aumento na temperatura e na frequência cardíaca
  • bocejos

Negativos

  • confusão
  • ansiedade
  • náusea
  • insônia
  • tensão muscular
  • comunicação embaralhada
  • paranoia, medo, pânico
  • pensamentos recorrentes e incontroláveis, dejavú
  • vasoconstrição, dormência periférica, sudorese aumentada
  • experiências espirituais transformadoras indesejadas

Duração

Oral
Duração total 6 – 10h
Início 15 – 120min
Primeiras sensações 30 – 120min
Pico 2 – 4h
Diminuição 1 – 4h
Efeitos posteriores 1 – 7 dias
Oral
Mínima 50 – 250µg
Leve 200 – 600µg
Comum 500 – 800µg
Alta 700 – 1500µg
Muito alta 1500µg+

Há relatos de usuários que sofreram taquicardia, hipertensão, agitação, acidose metabólica, convulsão, retenção urinária, taquipneia, agressividade, entre outros. Há casos de pacientes que precisaram de apoio médico após consumir a substância9, 10.

A mídia também traz casos de morte ligadas a overdose11, 12, 13, 14 – uma dose a partir de 1500ug (que correspondem, em média, a 2 selos contendo 25I-NBOMe) já pode causar complicações e levar à morte) – ou a comportamentos agressivos e suicídios15, 16.

A overdosagem do composto parece ser mais arriscada quando o consumo é feito na forma em pó, visto que, nos blotters, a dosagem não costuma ultrapassar 1500µg.

Alguns exames toxicológicos revelam a presença de outros compostos na urina de pessoas que usaram o composto. Esse fato levanta a possibilidade de que as amostras disponíveis no mercado poderiam estar contaminadas por outros componentes por falhas no processo de produção do 25I-NBOMe17.

Certo caso clínico relata que 6 jovens consumiram doses altíssimas de 25I-NBOMe sem sofrer complicações, acreditando ser 2C-B9. Apesar do artigo não dizer a quantidade consumida por eles, pode-se supor que os mesmos tomaram de 5 a 25mg de 25I-NBOMe, intervalo de peso correspondente a uma dose leve ou comum de 2C-B18. Apesar dos jovens não terem sofrido complicações mais acentuadas com a dose ingerida, não significa que o composto é seguro. Os diversos casos de morte e acidentes a ele ligados parecem estar mais íntimos ao comportamento que a substância pode causar em doses altas, o que pode expor o usuário a situações de risco. Não se sabe ao certo se existe um risco fisiológico intrínseco. É necessário, portanto, entender qual a cascata de reações desencadeada pela ligação dos compostos com os receptores do tipo 5HT2A19 e de que forma essa interação contribui para a geração do comportamento de risco observado nos pacientes.

Potencial aditivo

Apesar de alguns relatos mencionarem que uma redosagem é possível, sua duração e propriedades psicodélicas tornam improvável o consumo compulsivo. Porém, como a substância é nova e ainda não foi pesquisada, não é possível ter certeza disto.

Como se trata de uma substância recém-descoberta, começou a ser regulada recentemente. Em muitos países, ainda não existe regulamentação sobre o 25I-NBOMe.

No Brasil, é listado como uma substância controlada desde o início de 201420, sendo ilegal a produção, distribuição e possessão.

Referências

  1. http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/24569095
  2. http://www.diss.fu-berlin.de/diss/receive/FUDISS_thesis_000000001221
  3. https://www.erowid.org/chemicals/2ci_nbome/2ci_nbome.shtml
  4. https://www.erowid.org/chemicals/2ci_nbome/2ci_nbome_effects.shtml
  5. http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/3285124
  6. http://onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1002/dta.1576/abstract;jsessionid=06FEC0B5FFE5FEA5DBFA115EA9FF667A.f04t04
  7. http://noticias.band.uol.com.br/cidades/minasgerais/noticia/100000718216/nbome-ja-representa-80-das-apreensoes-em-minas.html
  8. http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/24172126
  9. http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/23731373
  10. http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/23473462
  11. http://www.news.com.au/national/nsw-act/teenager-nick-mitchells-lsd-overdose-death-delusions-and-despair/story-fndo4bst-1226530792737
  12. http://www.indyweek.com/indyweek/an-apex-teen-dies-of-an-overdose-of-synthetic-lsd/Content?oid=3837336
  13. http://g1.globo.com/sao-paulo/sao-jose-do-rio-preto-aracatuba/noticia/2014/10/estudante-alemao-morreu-por-overdose-confirma-laudo-do-iml.html
  14. http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2014/10/1533238-estudante-encontrado-morto-usou-droga-e-se-afogou-na-usp-diz-laudo.shtml
  15. http://www.news.com.au/national/roberto-laudisio-curti-heard-messages-from-god-inquest-hears/story-fncynjr2-1226490950032
  16. http://www.smh.com.au/nsw/teen-jumps-to-his-death-after-150-drug-hit-20130606-2nrpe.html
  17. http://europepmc.org/abstract/MED/23872917
  18. http://www.erowid.org/chemicals/2cb/2cb_dose.shtml
  19. http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/24012658
  20. http://portal.anvisa.gov.br/wps/content/anvisa+portal/anvisa/sala+de+imprensa/assunto+de+interesse/noticias/anvisa+inclui+21+substancias+em+lista+de+drogas+proibidas