5-MeO-DMT

Molécula 5-meo-dmt

Psicodélico

Nomes comuns
5-MeO
Rotas de administração
Dosagem
NívelDose
Mínimo10 – 15mg
Comum20 – 30mg
Alta30mg+
Duração
PeríodoTempo
Início1 – 5min
Primeiras sensações1 – 5min
Pico10 – 40min
Diminuição30 – 60min
Efeitos posteriores1 – 3h
Dosagem
NívelDose
Mínimo3 – 5mg
Leve5 – 10mg
Comum8 – 15mg
Alta10 – 25mg
Dosagem
NívelDose
Mínimo1 – 2mg
Leve2 – 5mg
Comum5 – 10mg
Alta10 – 20mg
Duração
PeríodoTempo
Total6 – 20min
Início0 – 1min
Primeiras sensações0 – 30s
Pico3 – 15min
Diminuição3 – 5min
Efeitos posteriores15 – 60min

5-MeO-DMT é uma triptamina psicoativa que foi identificada pela primeira vez em meados do século XX em uma planta enteógena da América do Sul. A substância é um componente comum de muitas plantas diferentes e vem sendo tradicionalmente usada em snuffs psicoativos (uma espécie de “rapé”), assim como a semente da Anadenanthere Colubrina, a seiva da Epena virola e algumas bebidas fermentadas do tipo ayahuasca em que plantas que contém 5-MeO-DMT são usadas como aditivo. Em outros lugares, 5-MeO-DMT é principalmente encontrado como cristais e são fumados, cheirados ou ingeridos.

A substância é muitas vezes confundida com seu primo mais conhecido, o N,N-DMT (comumente chamado apenas de DMT) o que pode levar a resultados inesperados, devido à grande diferença das doses adequadas (a dosagem do 5-MeO é pelo menos a metade da dosagem de DMT).

A abreviação 5-MeO vem perdendo sua utilidade desde que outras 5-MeO (grupo metóxi na posição 5, tal como 5-MeO-DiPT) psicoativas se tornaram conhecidas.