Cogumelos

Molécula psilocybin

Psicodélico

Nomes comuns
cogus, cogumelos mágicos, chá de cogumelos, cubensis
Rotas de administração
Dosagem
NívelDose
Mínimo0.25 (secos) / 0.25g (frescos)
Leve0.25 – 1g (secos) / 2.5g – 10g (frescos)
Comum1 – 2.5g (secos) / 10 – 25g (frescos)
Alta2.5 – 5g (secos) / 25g – 50g (frescos)
Pesada5g+ (secos) / 50g+ (frescos)
Duração
PeríodoTempo
Total4 – 7h
Início15 – 60min
Primeiras sensações15 – 30min
Pico2 – 4h
Diminuição1 – 3h
Efeitos posteriores0 – 6h

Existem dezenas de espécies de “cogumelos mágicos”, geralmente ligados aos gêneros Psilocybe e Panaeolus. Contêm psilocibina e psilocina, que são triptaminas psicodélicas. Esses cogumelos geralmente são pequenos e marrons, o que os faz ser confundidos por cogumelos não comestíveis, não psicoativos ou venenosos. Há outros tipos de fungos psicoativos, entre eles o Amanita muscaria que tem cor avermelhada com manchas brancas – e que não devem ser confundidos com os cogumelos psicodélicos, visto que contêm outro princípio ativo e produzem efeitos delirantes.

A aparência comum desses fungos faz com que sejam potencialmente perigosos devido a dificuldade de identificá-los, sendo a principal marca a aparência azulada de seu caule quando danificados. Geralmente, são encontrados crescendo em pastos sobre as fezes do gado.